RetroClassics em Estugarda abre as portas a 22 de Março

Eventos 16 Fev 2012

RetroClassics em Estugarda abre as portas a 22 de Março

Realizada sob o slogan “Todo o mundo de automóveis clássicos”, a 12ª edição da RetroClassics vai abrir as suas portas de 22 a 25 de Março próximo, no Centro de Exposições de Estugarda, nas imediações do aeroporto daquela cidade alemã.
Além dos tradicionais departamentos de clássicos dos principais fabricantes de automóveis, há este ano muitos novos expositores do sector da recuperação e restauro, bem como concessionários de venda.
As grandes marcas de automóveis estarão presentes no pavilhão 1, que com uma área de 25 000 m2, é uma das maiores áreas de exposições na Alemanha. As apresentações da Mercedes, Porsche, Aston Martin, Jaguar, Rolls Royce e Recaro prometem impressionar os visitantes. A história do SL será o tema central da exposição da Mercedes. Restauradores e revendedores premium de renome mundial, como Kienle Automobiltechnik, Feierabend (especialista em BMW, Bugatti e Alfa Romeo anteriores à guerra), Memminger Cabrios, o Grupo FRG, Classic Horch, Lagonda LMB, Schwabengarage ou os especialistas Mercedes Stickel und Wallner irão mostrar as suas mais bonitas produções. Confirmada esta também a presença de nomes como Peter Wiesner Sports & Classic Cars de Viena, a Franz Car Collection Wittner, a Graber Sport Garage, da Suíça, CF Mirbach, HC História, Axel Schütte, Arthur Bechtel, Meilenwerk e Gross & Schlager.
Cerca de 320 distribuidores internacionais de peças para restauro estarão também presentes no certame.

Pavilhões temáticos

Para este ano a organização terá “pavilhões temáticos” de exposição, apresentando tanto modelos famosos e lendários como veículos clássicos menos conhecidos do grande público. Dos modelos anteriores à guerra aos carros clássicos do pós-guerra, desde lendários carros de corrida aos futuros clássicos, a organização promete algo espetacular para todos os entusiastas do desporto motorizado.
Uma das novidades deste ano será a exposição de veículos americanos no pavilhão 5, com modelos que entre 1950 e 1980, bem como concessionários e especialistas em restauro. Esta nova área de exposição tornar-se-á permanente em todas as edições da RetroClassics e será acompanhado pela mostra “Street ‘s Finest”. Nela serão exibidos modelos anteriores à guerra, entre eles vários modelos da Ford, representando a contribuição tipicamente americana para a cultura do automóvel.
Encontra-se também em preparação, no pavilhão 4, uma apresentação especial dedicada aos modelos clássicos da Maserati, com algumas peças raras em exposição. O que começou, antes da da Primeira Guerra Mundial, como uma pequena oficina de fabrico de velas de ignição com o nome “Maserati”, em Pontevecchio perto de Bolonha, foi transformada em 1926 na “Officine Alfieri Maserati”, onde foi construído seu primeiro carro de corrida. Nesta exposição serão apresentados os primeiros passos da marca Maserati no desporto automóvel, em 1926, até ao seu ponto mais alto com a vitória em 1957 do Campeonato Mundial de Fórmula 1, bem como os famosos carros GT e desportivos dos anos 60 e 70 até aos dias de hoje. Para além de carros de corrida preservados no seu estado original, serão mostrados também outros importantes modelos da Maserati, como o A6 GCS/53, o 300 S, o famoso Tipo 61 “Birdcage”, o carro de corrida do pós-guerra Tipo 250 F e provavelmente o mais poderoso Maserati de corrida, o Tipo 450 S. No mesmo pavilhão haverá um stand conjunto com a Feira de Pádua intitulado “Made in Italy”.
Outro destaque de edição deste ano da RetroClassics será a exposição de carros a vapor britânicos que se realizará junto à entrada do recinto. Haverá também uma exposição especial de veículos de combate a incêndios dos anos 30, 40 e 50 baseados em automóveis de passageiros. Finalmente, a marca “NSU” será também palco de atenção. Esta empresa que mudou a sua localização de Riedlingen para Neckarsulm, no sul da Alemanha, em 1880, produziu originalmente máquinas de tricotar. Mais tarde fabricou bicicletas, motocicletas, carros e scooters, e deu uma contribuição considerável para a expansão e desenvolvimento da moto na Alemanha desde 1901. Em termos de vendas, nos anos 50, a NSU era o maior fabricante de veículos de duas rodas em todo o mundo. O nome NSU, que tem sido a marca utilizada desde 1892, representa a cidade de Neckarsulm, incorporando os nomes dos rios Neckar e Sulm que confluem neste local.
Em Março de 2011, Retro Classics estabeleceu um recorde que os organizadores esperam voltar a quebrar este ano, com mais de 1300 expositores e cerca de 3200 veículos em exposição. Com cerca de 65 000 visitantes em 2011 e 100 000 metros quadrados de exposição, distribuídos por oito pavilhões, este evento estabeleceu-se, de acordo com a organização, como “um evento a não perder, na mente dos fãs e entusiastas de carros clássicos e é agora o principal ponto de encontro para todos os eventos de carros históricos e clássicos no sul da Alemanha”.
Para mais informações consulte www.retroclassics.de

Texto: Jornal dos Clássicos
Imagem: Retro Classics

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube