<strong>Rampa da Arrábida</strong>

Competição 15 Ago 1996

Rampa da Arrábida

Cenário de sonho, dia de calor, rampa a receber clássicos pela primeira vez – e logo a dar os primeiros pontos para o “Nacional” de velocidade e Troféu de Grupo 5. Na sequência de Vila do Conde, o Porsche de Petiz foi visto à lupa, com algum “sururu” por parte de outros participantes – mas nas verificações tudo está nos “conformes” – Jorge Petiz, melhorando o recorde que já lhe pertencia, ganhou a rampa, mesmo entre os candidatos à “Challenge FIA”…

Jorge Petiz melhorou o seu próprio recorde (em BMW W3 M3) no belo cenário da Arrábida


Mas, se nos Grupo 5 a lista era completada apenas com Vaz Pinto, nos concorrentes do “Nacional” as coisas eram mais animadas, com os Porsche de Rodrigo Gallego e Carlos Barbot a dominar, apesar dos esforços de Mário Silva, no Ford Escort. Mas também os melhores não se privaram de problemas mecânicos para resolver, a dar diferenças nos resultados. E foi bem interessante comparar os tempos desde a primeira subida, com toda a gente e melhorar e a fazer contas… Fernando Soares foi o único concorrente nos “1300”, mas curiosamente, numa pontuação que se destina ao Campeonato Nacional nenhum papel da organização referiu as classes de cilindrada…


Rodrigo Gallego foi à rampa sadina buscar os melhores pontos para o Campeonato


Fala-se ainda dos Históricos, onde Rui Bevilacqua se voltou a intrometer entre os mais rápidos “dos outros”, a lista a completar-se com João Sardinha.

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube