Os 17 automóveis mais caros vendidos em leilão

Clássicos 27 Nov 2018

Os 17 automóveis mais caros vendidos em leilão

A compra de um clássico está intimamente ligada ao facto de se gostar do automóvel, mas também se pode revelar um investimento inteligente – a indústria ofereceu um impressionante retorno de 28% ao longo do ano passado. Procurámos as marcas de automóveis clássicos mais influentes da história da indústria automóvel e os modelos mais valiosos do mercado, apresentando-lhe a lista dos 17 automóveis mais caros vendidos em leilão.

 

17) Maserati 450S Prototype (1956) 

 

 

O  450S foi testado no Grande Prémio da Suécia em Agosto de 1956, onde os construtores do automóvel continuaram a ajustar o seu novo chassis e fazer melhorias. Foi vendido por 4.816.350$ a 10 de Maio de 2014, actualmente está avaliado em 4.979.000$.

 

16) Horsch 853A Special Roadster (1939)

 

 

O automóvel foi lançado em 1939 e depois importado para os EUA nos finais dos anos 40 por um veterano da II Guerra Mundial. Este roadster foi leiloado a 17 de Agosto de 2012 por 5.17.000$, estando, nos dias que correm avaliado em 5.511.000$.

 

15) Delahaye 135 Competition Court Torpedo Roadster (1939)

 

 

Vendido a 8 de Março de 2014 por 6.600.000$ este é um dos dois exemplares sobreviventes do raro modelo de 1939 da marca francesa. Actualmente está avaliado em 6.823.000 dólares.

 

14) Ford GT 40 Roadster (1965)

 

 

O “GT” em significa “Grand Tour”, enquanto o “40” refere-se à sua altura em polegadas. Foi originalmente construído pela Ford para vencer as 24 Horas de Le Mans. Vendido a 15 de Agosto de 2014 por 6.930.000$, vale actualmente 7.164.000 dólares.

 

13) Talbot-Lago T150-C SS (1938)

 

 

Os exemplares Talbot-Lago tornaram-se automóveis de grande valor em vários leilões, tendo sido um modelo de fábrica (em vez de personalizado) vendido por 418 mil dólares em 2013. Este exemplar foi vendido a 21 de Novembro de 2013 por 7.150.000$, actualmente o seu valor fixa-se nos 7.512.000 dólares.

 

12) 4½ Litre Supercharged ‘Blower’ Bentley (1929)

 

 

A personagem de Ian Fleming, James Bond, conduz um Blower Bentley em três dos filmes do agente secreto 007: Casino Royale, Live and Let Die e Moonraker. Actualmente avaliado em 8.428.000$, este exemplar foi arrematado em leilão por 7.906.745 dólares, a 29 de Junho de 2012.

 

11) Rolls-Royce 10 HP Two-Seater (1904)

 

 

Este automóvel é o mais caro Rolls-Royce já vendido, sendo reconhecido como tal pelo Guinness Book of World Records. A 3 de Dezembro de 2007 foi arremato por 7.254.290$, estando avaliado nos dias que correm em 8 milhões 562 mil dólares.

 

10) Shelby 260 Cobra (1962)

 

 

Em 2016, o primeiro Shelby Cobra estabeleceu o recorde para o automóvel americano mais caro vendido em leilão, 13.750.000$, batendo o Ford GT40 vendido em 2012. Actualmente está avaliado em mais de 14 milhões de dólares.

 

9) Porsche 917K (1970)

 

 

Arrematado em leilão a 19 de Agosto de 2017, por mais de 14 milhões de dólares, o 917K esteve em destaque no filme Le Mans, protagonizado por Steve McQueen.

 

8) McLaren F1 (1995)

 

 

Entre 1993 e 1997 foram produzidos 100 exemplares, muito aquém do número inicial que se fixava nas 300 unidades. A 18 de Agosto de 2017 um McLaren F1 foi arrematado por 15.620.000 dólares.

 

7) Alfa Romeo 8C 2900B Longo Spider (1939)

 

 

Este modelo da Alfa Romeo foi vendido pelo preço mais alto já pago em leilão por um automóvel pré-Segunda Guerra Mundial. O seu novo proprietário despendeu de 19,8 milhões de dólares, passados dois anos o automóvel está avaliado em mais de 20 milhões de dólares.

 

6) Bugatti Royale Kellner Coupe (1931)

 

 

Com um dos maiores motores alguma vez produzidos para um automóvel, o modelo Royale Kellner Coupe é um dos maiores e mais procurados automóveis. A 17 de Novembro de 1987 foi vendido por 9,8 milhões de dólares, passadas mais de três décadas está avaliado em 21.110.000$.

 

5) Duesenberg SSJ (1935)

 

 

Apenas dois exemplares deste modelo foram produzidos. O primeiro foi vendido ao actor Gary Cooper em 1935. O outro foi emprestado em 1936 ao actor Clark Gable. Este ano, a 25 de Agosto, o Duesenberg SSJ de Gary Cooper foi vendido em leilão por 22 milhões de dólares

 

4) Jaguar D-Type (1955)

 

 

O Jaguar D-Type venceu em três anos consecutivos (1955, 1956 e 1957) as 24 Heures du Mans. A 19 de Agosto de 2016 um exemplar do icónico modelo da marca britânica foi leiloado por 21.780.000$, passados dois anos seu valor ultrapassa os 22 milhões de dólares.

 

3) Aston Martin DBR1 (1956)

 

 

O DBR1 foi um dos três automóveis da década de 1950 que venceu o World Sports Car Championship e as 24 Horas de Le Mans no mesmo ano. A 19 de Agosto de 2017 foi vendido por 22.550.000$.

 

2) Mercedes-Benz W196 (1954)

 

 

O W196 venceu 9 das 12 corridas em que participou e conquistou os dois primeiros campeonatos mundiais em que competiu. 29,6 milhões de dólares foi o valor pago pelo seu proprietário num leilão realizado a 12 de Julho de 2013. Actualmente o valor do W196 da Mercedes ultrapassa os 31 milhões de dólares.

 

1) Ferrari 250 GTO (1962)

 

 

O 250 GTO combina a raridade com o sucesso competitivo e a sua inefável beleza. O icónico modelo da Ferrari detém desde 2014 o título do automóvel mais caro de sempre a ser vendido em leilão. No passado mês de Agosto um dos apenas 36 exemplares produzidos foi arrematado por mais de 48 milhões de dólares.

 

 


TAGS: Alfa Romeo Aston Martin Bugatti Delahaye Duesenberg Ferrari Ford Horsch Jaguar Maserati McLaren Mercedes-Benz Porsche Rolls-Royce


PARTILHAR:

Mais Populares

Deixe um comentário

avatar