Porsche apresenta Cayenne E-Hybrid

Modernos 11 Mai 2018

Porsche apresenta Cayenne E-Hybrid

A próxima etapa na viagem da Porsche em direcção à mobilidade eléctrica é o Cayenne E-Hybrid, combinando a melhor dinâmica de condução na sua classe com a máxima eficiência.

 

Enquanto a performance do motor de combustão aumenta moderadamente em 5kW (7cv) face ao antecessor, chegando agora aos 250 kW (340 cv), a performance do motor eléctrico é agora 43 por cento mais elevada, atingindo 100 kW (136 cv). Juntos, chegam a uma potência combinada de 340 kW (462 cv). A estratégia de impulsão, derivada do superdesportivo 918 Spyder, é uma nova edição. Garante que o motor eléctrico pode ser utilizado em todos os modos de condução do Pacote Sport Chrono, oferecido de série, para um impulso adicional de potência. Isto significa que o binário máximo combinado fica disponível logo que pressiona o pedal do acelerador. Dependendo da situação de condução e dos requisitos de potência, o condutor pode utilizar o impulso de binário a qualquer velocidade, garantindo maior agilidade e uma superior experiência de condução.

 

A extensão do suplemento de potência e do carregamento da bateria durante a viagem depende do modo de condução. Nos modos focados na performance, Sport e Sport Plus, virtualmente, toda a energia das baterias pode ser utilizada para um incremento de potência. No modo Sport, a bateria é carregada tanto quanto é necessário para um novo suplemento de potência. No modo Sport Plus, a bateria é recarregada o mais rapidamente possível.

 

A capacidade da bateria aumentou significativamente no Cayenne E-Hybrid, assim como a distância que consegue percorrer em modo puramente eléctrico e as reservas de potência: em comparação com o modelo anterior, a capacidade aumentou de 10,8 para 14,1 kWh. Um incremento de cerca de 30 por cento. A bateria arrefecida por líquido, alojada sob o piso sob o piso da bagageira, consiste em oito módulos com 13 células prismáticas de lítio em cada um. Em 7,8 horas, a bateria de alta voltagem pode ser completamente recarregada por intermédio de uma tomada de 230 volts com 10 amperes. Quando em presença do opcional carregador de bordo de 7,2 quilowatts e ligado a uma tomada de 230 volts com 32 amperes, em alternativa ao carregador de série com 3,6 quilowatts, a bateria fica totalmente carregada em apenas 2,3 horas.

 

O processo de carregamento pode ser gerido e monitorizado a partir do Porsche Communication Management (PCM) e, remotamente, utilizando a Porsche Connect app. O controlo independente da climatização quando a ignição está desligada está disponível de série  pode ainda ser operado via smartphone. O Porsche Connect pode também ser utilizado para procurar e filtrar estações de carregamento e seleccioná-las como destinos de navegação. O novo serviço Porsche Charging permitirá aceder às estações de carregamento públicas – sem ser necessário um registo adicional com o fornecedor, sendo facturado directamente via conta Porsche ID.

 

p18_0418

 

Com o lançamento do Cayenne E-Hybrid, a Porsche alarga a sua gama de sistemas de assistência e equipamentos opcionais com uma variedade de inovações para todos os Cayenne. Pela primeira vez, o head-up display está disponível na Porsche. Projecta a cores, directamente na linha de visão do condutor, todas as informações de condução relevantes. Outras novas funcionalidades agora disponíveis para o Cayenne são o co-piloto Porsche InnoDrive com cruise-control adaptativo, bancos com massagem, para-brisas aquecido, aquecimento independente com controlo remoto e jantes de 22″.

 

O modelo já se encontra disponível para encomenda a partir dos 97.771 mil euros, impostos incluídos.

 

ArrowArrow
ArrowArrow
ArrowArrow
Slider

 

 


TAGS: Porsche Cayenne E-Hybrid


PARTILHAR:

Mais Populares

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar