Arado Ar 234: O primeiro bombardeiro a jacto do mundo

Clássicos 06 Abr 2018

Arado Ar 234: O primeiro bombardeiro a jacto do mundo

É hoje bem sabido que muitas invenções após a Segunda Guerra Mundial foram aproveitadas de protótipos alemães.

 

Entre essas criações encontra-se o primeiro bombardeiro a jacto bem-sucedido: o Arado Ar 234. A ideia para esta aeronave foi concebida nos princípios da guerra, em 1940. O desenvolvimento, no entanto, levou mais de três anos.

 

Em razão de não existir espaço suficiente para fazer um compartimento de bombas, as mesmas tinham de ser carregadas exteriormente, tornando-as susceptíveis a um mau funcionamento.

 

Quanto ao cockpit, como estava localizado directamente em frente à fuselagem do avião, o piloto não tinha uma visão clara da traseira, tendo, como tal, de usar um periscópio similar aos utilizados nos tanques alemães.

 

Enquanto isso, as variantes de reconhecimento do Ar 234 estavam a realizar missões em toda a Europa Ocidental e na Grã-Bretanha, sem serem detectadas, devido à alta velocidade e altitude a que se encontravam a voar. A versão bombardeira Ar 234 fez a derradeira missão em Abril de 1945 e foi a última aeronave alemã a bombardear a Grã-Bretanha durante a Segunda Guerra Mundial.

 

O Ar 234A conseguia atingir uma velocidade de 742 km/h na sua altura ideal de 20 mil pés (6 mil metros). Já o Ar 234B era um pouco mais lento (mas, também, incrivelmente veloz), sendo que uma das suas acções mais notáveis foi o bombardeamento da Ponte Ludendorff, em Remagen, Alemanha.

 

A ponte tratava-se de algo vital para os americanos, uma vez que era necessário transportar tropas através do rio Reno. Durante dez dias em Março, quando os Aliados capturaram a ponte em Remagen, foram atirados diariamente 1000 quilogramas de bombas por um Ar 234 estacionado nas proximidades.

 

Houve 210 unidades construídas de meados de 1944 até ao final da guerra, incluindo protótipos e todas as variantes da aeronave. Apenas uma delas sobreviveu, encontrando-se a mesma em exibição no Centro Steven F. Udvar-Hazy, perto do Aeroporto Internacional Washington Dulles, na Virgínia (EUA).

 

arado-1-5418

 

 

arado-2-5418

 

 

arado-3-5418


TAGS: Arado Ar 234


PARTILHAR:

Mais Populares

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar